Presidente Dilma entrega quase mil moradias do Minha Casa Minha Vida em SP

Obras custaram cerca de R$ 58 milhões aos cofres do governo federal

A presidente Dilma Rousseff compareceu na cidade de Bauru - SP para participar da cerimônia de entrega de 944 casas ou unidades habitacionais no residencial Três Américas II e Água de Grama que é resultado de empreendimentos do Minha Casa Minha Vida.

Nos residenciais Três Américas II e Água de Grama no total foram gastos R$ 58 milhões na construção e estruturação dos apartamentos.

A presidente Dilma falou a respeito da experiência de entregar mais este fruto de um projeto que vem dando certo:
“É sempre emocionante participar de uma entrega das chaves do Minha Casa Minha Vida, porque sei que a pessoa entra em uma nova vida, entra num caminho de esperança. É certo que vida vai mudar pra melhor. Você vai abandonar uma moradia muitas vezes precária. Algumas pessoas moram de favor, nas casas de parentes. Outras pagam aluguel, que pesa no orçamento doméstico. Então quando vejo que essa é uma ação que definitivamente muda a vida das pessoas, e cada uma das famílias que aqui receberam a chave, elas fazem com muita emoção”.

As residências têm dois quartos, sala, cozinha, banheiro e algumas ainda tem adaptações para pessoas com deficiência física. As casas do Minha casa minha vida Água da Grama e Três Américas II somente vão ser entregues para quem possuir um renda mensal de até R$ 1.600,00.

Casas são entregues pelo programa Minhas Casa Minha Vida
Casas Do Programa Minhas Casa Minha Vida


Em seu discurso na cerimônia de entrega, Dilma reiterou a necessidade e o peso que tem na vida das pessoas o governo federal ter uma política habitacional que vise suprir as pessoas mais pobres atendendo assim a parte da população que mais precisa de auxílio.

Em outro ponto de seu discurso, Dilma deu detalhes sobre os números e a quantia que o governo ajuda e também a quantia que a pessoa sorteada deve pagar:

“No mínimo 95% do valor dessa casa o governo federal bota de recursos. A diferença é paga, dependendo do nível de renda, por cada um de vocês, por um valor que não pode ultrapassar 3% a 5% da renda que ganham”.  

A presidente também participou da cerimônia que viabilizou as assinaturas de autorização da ordem de serviço para construção de mais 1.461 casas ou unidades habitacionais na cidade de de São José dos Campos - SP no Residencial Pinheirinho dos Palmares I e II. Este projeto ao final terá um total de 1.700 famílias com casa própria que foram retiradas da comunidade de Pinheirinho no ano de 2012. Até o momento o Programa Minha Casa Minha Vida distribuiu casa própria para 274 mil famílias no estado de São Paulo.